Coreia do Sul

A Coreia do Sul já participou de nove mundiais e obteve um quarto lugar na Copa de 2002, oportunidade na qual foi anfitriã do torneio junto com o Japão. Liderados pelo técnico holandês Guus Hiddink, e com uma grande performance de Park Ji-Sung, a seleção deixou o mundo boquiaberto por ter eliminado a Itália nas oitavas-de-final e a Espanha na fase seguinte.

Na primeira fase, vitórias sobre Polônia (2×0) e Portugal (1×0) e um empate com os Estados Unidos (1×1). Apesar do primeiro lugar no grupo, o cruzamento foi ingrato com os sul-coreanos: a poderosa Itália, de Totti e Buffon. Os asiáticos venceram a partida de virada na prorrogação, no gol de ouro.

Nas quartas-de-final, depois de 90 minutos sem gols e 30 minutos de prorrogação, os sul-coreanos eliminaram os espanhóis nas cobranças de pênaltis (5×3). A Espanha reclamou muito de um gol anulado.

Nas semifinais, os coreanos foram finalmente eliminados pelos alemães (0x1). Na disputa pelo terceiro lugar,  nova derrota, desta vez para os turcos (2×3). A partida marca um feito na história das copas: Hakan Sukur marcou o gol mais rápido dos mundiais, aos 11 segundos de partida.

A pior participação foi a de estreia, em 1954, na Suíça. A Coreia do Sul levou em apenas duas partidas 16 gols e não marcou nenhum. Derrotas para a fortíssima seleção húngara de Ferenc Puskás (0x9) e para a Turquia (0x7).

A campanha dos sul-coreanos nas eliminatórias não empolga a ponto de imaginar que a seleção possa avançar da primeira fase na Rússia. Na primeira fase, a equipe terminou com folga na liderança de seu grupo, mas, na etapa seguinte, teve dificuldades e só garantiu vaga na última rodada. Na fase final, os sul-coreanos venceram apenas quatros das dez partidas disputadas. O grupo, além dos coreanos, era formado pelo Irã (campeão da chave) e, em ordem de classificação, por Síria, Uzbequistão, China e Catar.

A Coreia do Sul vai à Rússia como uma das piores colocadas no ranking da Fifa. Confira a ficha técnica:

Você sabia?

A Coreia do Sul tem como capital a segunda maior metrópole do planeta e uma das cidades mais significativas do mundo: Seul. Abrangendo uma massa populacional de mais de 48 milhões de habitantes, a Coreia do Sul é considerada a maior nação planetária em termos de densidade populacional.

A Culinária sul-coreana é muito rica e tem uma grande diversidade, desde pratos leves como sopas até doces e bebidas, além de serem saborosas são muito saldáveis e nutritivas. Na Coreia do Sul, eles se importam muito com a saúde e dificilmente utilizam sal em seus pratos: hoje, na Coreia do Sul, apenas 3,2% dos habitantes estão acima do peso.

 

Páginas Relacionadas