Grupo D

O grupo é formado por Argentina, Croácia, Islândia e Nigéria. A seleção principal da Argentina não conquista um título há 25 anos, desde a Copa América de 1993. No entanto, já passou perto em várias oportunidades: nas duas últimas copas américas e no mundial de 2014 foram vice-campeões. O time do técnico Jorge Sampaoli aposta mais uma vez na força do ataque, liderado por Lionel Messi.

A principal adversária dos sul-americanos na chave tende a ser a Croácia, que disputará seu quinto mundial na Rússia. Os europeus apostam no talento do meia do Real Madri Modric e nos gols de Mandzukic.

A Nigéria é um adversário conhecido dos argentinos em copas. Os nigerianos fizeram uma sólida campanha e prometem dar trabalho no mundial, apesar da posição ruim ocupada atualmente no ranking da Fifa (é a 47° colocada). A força física e a velocidade são os trunfos dos africanos.

Por fim, a Islândia estreia em copas. O país, com pouco mais de 400 mil habitantes, ficou conhecido pela apaixonada torcida, responsável pelo famoso aplauso Viking. Os islandeses, no entanto, em tese, irão a passeio para a Rússia.

Nossa equipe fez um diagnóstico completo do Grupo. Você pode conferir tudo no podcast abaixo.

Resumo

  • Seleções
  • DestaquesMessi e Di Maria (ARG)
  • PalpitesArgentina (1°) e Croácia (2°)

Páginas Relacionadas