Panamá

O Panamá, junto com a Islândia, será um dos debutantes em copas do mundo. O país conquistou a vaga na competição após vencer a última rodada das eliminatórias contra a já classificada Costa Rica (2×1), em partida marcada por um erro grotesco de arbitragem (o trio de arbitragem validou o gol de empate do Panamá em uma bola que não entrou). A classificação, no entanto, aconteceu devido à combinação desse placar com derrota dos Estados Unidos para Trinidad Tobago (2×1).

A seleção panamenha concluiu sua campanha acumulando 13 pontos, em 30 jogos disputados, dentre os quais conseguiram acumular nove gols marcados contra dez gols sofridos. Em um grupo com Bélgica e Inglaterra, os panamenhos correm por fora, junto com os tunisianos, pela classificação. Confira a ficha técnica:

Você sabia?

O artesanato do Panamá é muito variado, incluindo trabalhos indígenas como os molas, têxteis, cerâmicas, máscaras e jóias, entre outras peças. Quanto ao folclore, é uma das expressões mais ricas artisticamente falando. Os bailes típicos são muito atrativos pelos seus trajes, como a Pollera que as mulheres usam, ricamente decorados, ou os Tembleques para os homens, com compridas camisas bordadas, calças erguidas até a canela e um chapéu caipira trançado em palha. Estes trajes podem ser vistos nos festivais e durante o Carnaval.

A música é muito variada, recebendo influências diversas segundo as regiões, salsa, calypso, jazz, reggae, heavy metal, clássica e etc. Nas cidades existem vários museus onde se pode apreciar a apaixonante cultura escondida por detrás de seus muros. Os mais fascinantes espetáculos teatrais têm lugar no Centro de Convenções ATLAPA na cidade do Panamá. Existem, por outro lado, 28 salas de cinema. O primeiro filme panamenho foi “Quando morre a ilusão”, filmado em 1949 e o primeiro colorido, “Ileana, a Mulher”, do ano 1960.

 

Páginas Relacionadas