Suíça

A Suíça já participou de 10 copas do mundo. A equipe chegou até as quartas-de-final em três ocasiões: 1934, na primeira participação, em 1938 e, finalmente, em 1954, quando foi anfitriã.

A Copa na Suíça foi a primeira em solo europeu após o término da Segunda Guerra Mundial. O país recebeu o mundial por não ter participado do conflito e, portanto, por não ter sofrido nenhum tipo de destruição.

Os suíços estrearam vencendo os italianos (2×1), foram derrotados pela Inglaterra (1×2). No jogo desempate, nova vitória sobre os italianos (4×1). Na segunda fase, os suíços foram eliminados pela Áustria (7×5). Vale mencionar que essa partida é a que mais teve gols na história das copas.

No entanto, o jogo aberto, que proporciona muito gols, abandonou a escola suíça. Primeira adversária do Brasil na Copa, a Suíça é um dos 14 países da Europa classificados para o mundial. Nas Eliminatórias, a seleção terminou a primeira fase como segunda colocada do grupo B, com nove vitórias em 10 jogos. A campanha foi praticamente perfeita, apenas sendo derrotada por Portugal, que acabou líder com o mesmo número de pontos. A Vantagem do time português foi apenas no saldo de gols. Com isso, a Suíça teve que jogar uma repescagem contra a Irlanda do Norte, oportunidade na qual mostrou sua melhor característica, a defesa. Uma vitória por 1 a 0 e um empate em 0 a 0 classificaram a equipe para a Copa do Mundo. Confira a ficha técnica:

 

Você sabia?

A Suíça tem a segunda maior expectativa de vida do mundo: 83,4 anos. A Suíça só se tornou parte das Nações Unidas em 2002. É a maior exportadora de chocolate do mundo: 18 de suas companhias produziram juntas 172 mil toneladas de chocolate (dados de 2012).

O país não tem um presidente fixo. Há a constituição de um conselho, formado por sete membros que se revezam a cada ano como presidente federal. Na Suíça há quatro idiomas oficiais: francês, alemão, italiano e romanche.

 

Páginas Relacionadas