Tunísia

Em quatro participações, a Tunísia chamou avançou da fase de grupos. Em 1978, no entanto, derrotou o México (3×1) na estreia e se tornou a primeira seleção africana a vencer uma partida em copas do mundo. O curioso é que esse foi o único triunfo dos tunisianos em copas. Esse fator torna a participação no mundial da Argentina a mais marcante dos tunisianos: além da vitória sobre o México, houve um empate com a Alemanha-Ocidental (0x0) e uma derrota para a Polônia (0x1).

Nos mundiais de 1998, 2002 e 2006, a seleção tunisiana repetiu as mesmas campanhas: duas derrotas e um empate. Na França, a seleção perdeu para a Inglaterra (0x2) e Colômbia (0x1) e empatou com a Romênia (1×1). Já em 2002, derrotas para Rússia (0x2) e Japão (0x2), além de um empate com a Bélgica (1×1). Quatro anos mais tarde, empate com a Arábia Saudita (2×2) e derrotas para a Espanha (1×3) e Ucrânia (0x1).

Em 2018, mesmo com um grupo composto por Bélgica e Inglaterra, além do estreante Panamá, a Tunísia tenta se aproveitar do bom momento (é atualmente a 14° colocada no ranking da Fifa) para avançar de fase. Confira a ficha técnica:

Você sabia?

A Tunísia declarou independência da França apenas em 1956. Dos 11 milhões de habitantes, 99% são muçulmanos. A Tunísia tem um IDH considerado alto em relação aos demais países do continente: 0,725.

 

Páginas Relacionadas